Área de pesquisa e desenvolvimento passa por ampliação para atender à maior demanda

Notícias

Área de pesquisa e desenvolvimento passa por ampliação para atender à maior demanda

30 outubro 2020

A área de pesquisa e desenvolvimento de microbiológicos da Koppert teve uma significativa ampliação nos últimos meses, com expansão do laboratório, que dobrou de tamanho e recebeu novas instalações como áreas exclusivas para formulações de produtos, tratamento de sementes, área para testes de acondicionamento e shelf life e câmara para o crescimento de plantas.

“Essas adequações proporcionaram melhorias em toda estrutura, dando continuidade ao trabalho de pesquisa e desenvolvimento de novos agentes, produtos e soluções, e a contínua melhoria dos bioinsumos do portfólio da empresa”, explica Luciano Zappelini, gerente de produção e desenvolvimento da Koppert.

A ampliação teve um investimento de R$ 10 milhões nos últimos 18 meses e foi motivada pela constante busca da empresa por inovação e também pelo crescimento anual do uso de controle biológico de pragas e doenças pelos agricultores brasileiros.

“Com a maior utilização de microrganismos, há a necessidade de se colocar novos produtos no mercado, o que gera um aumento na demanda por pesquisas e inovação. Dessa forma, se eleva o número de projetos em desenvolvimento pela equipe de P&D, levando à aquisição de novos equipamentos e à necessidade de adequar o espaço físico para acomodá-los e garantir seu pleno funcionamento”, conta Zappelini.

Parte dos projetos de P&D são direcionados aos processos industriais, que melhoram a eficiência fabril, com ganhos como tempo de processo reduzido, aumento de concentração dos esporos dos fungos e estudo das enzimas e metabólitos produzidos.

“As melhorias de shelf life, bem como novas formulações, visam, além de facilitar o manuseio no campo, preservar o micro-organismo e garantir sua melhor performance nas lavouras.”

Assine nossa newsletter

Receba notícias da Koppert do Brasil na sua caixa de e-mail

Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pela Política de privacidade e Termos de serviço da Google.
Rolar para o topo