Koppert marcou presença em evento da Cooxupé na Serra do Salitre

Notícias 31 maio 2018

O produtor de soja Frederik Jacobus Wolters recebeu no mês de março, em sua propriedade, localizada no município de Itararé/SP, a visita do presidente mundial da Koppert - Paul Koppert, e do diretor de negócios Martin Koppert. Além deles, participaram da visita ao sojicultor os diretores da Koppert do Brasil Gustavo Herrmann e Danilo Pedrazzoli, o gerente para grandes clientes Diogo Rodrigues Carvalho, a gerente de comunicação e marketing Jaqueline Antônio e o consultor técnico de vendas daquela região Tarciso Júnior.

Durante a visita em uma área de campo todos puderam analisar o resultado efetivo do controle biológico por meio de macroorganismos (mini vespas). Wolters é produtor de soja e sementes-soja e produziu na safra 2017/2018 28.000 sacas de semente-soja numa área de 2.200 hectares. Cliente da BUG Agentes Biológicos, empresa do Grupo Koppert, ele, que também é holandês, apostou nos últimos anos, dentro do Manejo Integrado de Pragas (MIP), nas mini vespas para realizar o controle biológico da principal praga que atinge a cultura de soja naquela região: o Euschistus heros, popularmente conhecido como percevejo-marrom.

O consultor Tarciso Júnior, que acompanha pela Koppert o cotidiano na lavoura de soja de Wolters, relatou a grande quantidade de ovos de percevejo-marrom parasitados pelos produtos macrobiológicos da BUG durante a visita de campo realizada pelo grupo que acompanhou Paul e Martin Koppert.

Júnior explicou que a liberação aérea de agentes de controle biológico na área de soja é realizada por meio de drone, com o serviço contratado pelo produtor junto a uma empresa especializada parceira. “A forma de liberação é por ovos a granel. Fazemos um dia antes da data prevista para o nascimento das mini vespas. São os mesmos tipos de ovos que colocamos nas cartelas tradicionais, utilizadas em outros métodos de liberação”, explicou o profissional da Koppert.

“Para nós aqui da região de Itararé foi muito honrosa a visita de todos, não só do Paul e do Martin Koppert, mas também de toda a equipe da diretoria da Koppert do Brasil. É uma satisfação, pois se trata de um trabalho eficiente que a gente já faz há um bom tempo com esse tipo de tecnologia.

Assine nossa newsletter

Receba notícias da Koppert do Brasil na sua caixa de e-mail

Rolar para o topo