Polyphagotarsonemus latus

Ácaro-branco

Geral

O ácaro-branco (Polyphagotarsonemus latus) surge nos trópicos e em estufas e regiões temperadas e possui uma ampla variedade de plantas hospedeiras, principalmente pimentões, mas também beringelas, tomates e pepinos Além disso, muitas culturas ornamentais como as azáleas, begônias, gerberas e cyclamen também são afetadas. Em climas temperados, os ácaros-brancos (Polyphagotarsonemus latus) não causam sérios problemas pois não resistem ao frio.

Os ácaros pertencem à família dos tarsonemídeos e possuem hábitos alimentares mais variados do que outras famílias de ácaros. Existem espécies que se alimentam à base de fungos, algas, plantas, bem como insetos e predadores e parasitas dos ácaros. Os ácaros que vivem nas plantas podem causar danos consideráveis às mesmas.

Os “tarsonemidae”, como o ácaro-branco (Polyphagotarsonemus latus), podem surgir em cultivos ornamentais e vegetais.

Ciclo de vida e aspecto do ácaro-branco

O ciclo de vida dos ácaros tarsonemídeos possui os seguintes estágios: ovo, larva e adulto. As larvas possuem três pares de pernas e os adultos quatro. O último par de pernas, tanto nos machos como nas fêmeas, é diferente dos outros e não é utilizado para se deslocar. As larvas permanecem na cutícula larval durante um ou dois dias, emergindo em seguida. Este estágio é geralmente chamado de quarto estágio e denominado pupa, falsa pupa ou ninfa quiescente. Os machos usam o seu quarto par de pernas para transportar as fêmeas jovens (ninfas quiescentes) que ainda se encontram na sua cutícula larval. O acasalamento ocorre quando a fêmea adulta emerge da cutícula larval. Os ácaros tarsonemídeos não possuem olhos.

Os ácaros-brancos fêmea (Polyphagotarsonemus latus) depositam os ovos principalmente na parte inferior da folha ou na superfície dos frutos. Os ovos são alongados, ovais, aderem firmemente à superfície e são grandes (cerca de 0.07 mm) em comparação com os estágios ativos subsequentes. Estes ovos são transparentes e com pontinhos brancos.

As larvas do ácaro-branco (Polyphagotarsonemus latus) se parecem com a fase adulta, mas são ligeiramente menores e possuem apenas três pares de patas.

O ácaro adulto emergente possui apenas 0,2 mm de comprimento, é oval e largo, e possui cor pálida amarela ou verde amarelada, dependendo do tipo e quantidade de alimentos consumidos. Ácaros fêmea possuem uma listra branca nas costas.

Atenção:

Você está no site Koppert do Brasil.
O conteúdo deste site é destinado a agricultores e demais profissionais do setor agrícola.